quinta-feira, 19 de julho de 2007

Desastres aeronáutico e jornalístico

Curiosa. Assim que resolvi chamar a cobertura dos telejornais sobre a tragédia do avião da TAM, em Congonhas.
Já que não dá pra colher testemunho dos passageiros, dos pilotos, e nem dos que estavam no terminal de cargas da TAM Express, os repórteres descobrem duzentas e trinta e seis pessoas que desistiram de voar. Pobre jornalismo... sempre tão igual.

Porém, a cobertura do PAN está legal. Dá pra assistir aos mesmos assuntos no Jornal Nacional e no Jornal da Record (não sei ao certo o nome desse) um depois do outro (acadêmica de jornalismo neurótica? hahuah). Parabéns para a criatividade dos repórteres esportivos. Fazem as conquistas dos atletas brasileiros serem mais divertidas para quem não as pode ver ao vivo. Destaque para uma coisa que vários estão fazendo: fazem o texto e aguardam o movimento do atleta. Por exemplo: o nadador sai da piscina, e nesse exato momento o boletim começa a ser gravado, com a imagem do nadador filmada e depois direto para o repórter, que fala: "Thiago sai da água". Demais!

E olha que nem sou tão ligada em telejornalismo assim... apesar disso, curto assistir. :)


Acho que os comentários do post anterior estavam com problema... qualquer coisa, se estiver dando errado nesse, o meu e-mail é bluedani@gmail.com

Beijão, bom final de semana.

3 Comments:

JAIRO SANGUINE said...

Legal o blog. Tb concordo com o desastre jornalístico na cobertura do avião. E gracias pelos comentários no sempalavras.

lucas leite said...

Realmente, as reportagens sao sempre as mesmas.. Mas sinceramente não vejo muitas opções de pessoas com que falar.. Acontece que se dá uma importância muito grande a fatos como "resolvi do nada trocar de vôo" ou "tive um compromisso e não consegui pegar o vôo", coisas que são corriqueiras, todos os vôos que saem existem passageiros que não conseguem pegar voos e que desistem daquele voo.. Até mesmo os que não caem :P
Bejao, ta 10 o blog ;)

LuuZampieri said...

bah tava massante a cobertura do caos aéreo, ninguém aguentava mais >.<
e o telejornalismo no pan foi realmente massa, a record matou a pau , pelo menos eu achei a melhor em dar as notícias e tal :D

beijos